Transições – Sofía Castañón

5

Acima de tudo está faminto.
Por isso, o gato se atira a mim.
Morde-me, crava-me as unhas. Há uns
minutos ronronava
ao meu lado

Acima de tudo está sedento, digo-me.
agora que volta e quer o meu chá
e o derrama por cima dos papéis.
Deu-se conta de repente. Segundos
antes olhava-me enquanto eu escrevia,
muito calmo.

Não deve ser correcto isto
de dar-lhe o que quer cada vez
que me faz mal.

Acima de tudo tem medo,
só quando esta comigo recorda
todo aquilo de que sente falta.

Sofía Castañón, La otra hija (Suburbia ediciones, 2012)
Tradução: J.G / R.M

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s