De geração em geração – María Mercromina

4 (1)

3.
Fazendo um enxerto podes fazer com que a árvore e o fruto sejam diferentes, apenas uma navalha e uma venda. Mas o braço do pai não manda na cabeça do filho. Guarda a tua dor e as tuas mãos. O meu avô usava a navalha. Era eu a que vendava a nova carne. Não te  esqueças de chorar para que a ferida cicatrize.

El pájaro y el ahorcado: poemas y tuits ganadores de Ucopoética 2013 (Bella Varsovia, 2013)
Trad.: J.G / Rev.: H.M.M e Vítor Dias
Foto: Vítor Dias

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s